Pescanova

Sustentabilidade

Sustentabilidade

Na nossa visão da sustentabilidade ambiental, mantemos a qualidade, a diversidade e a disponibilidade dos recursos naturais, incluindo os pesqueiros, em quantidades suficientes para as gerações presentes e futuras.

A gestão responsável dos recursos naturais e a proteção dos ecossistemas aquáticos e do meio ambiente são a via para garantir que a sustentabilidade da nossa atuação e o futuro do nosso Grupo.

A Responsabilidade Social Corporativa no Grupo Nueva Pescanova

Princípios: o respeito pelo planeta, o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas que fazem parte do Grupo Nueva Pescanova, o compromisso com os mercados através dos nossos produtos, e a contribuição para a melhoria da qualidade de vida das comunidades onde estamos presentes.

É o nosso compromisso com um verdadeiro desenvolvimento sustentável, o uso responsável dos recursos naturais e o respeito por todos em torno das nossas atividades.

Desenvolvemos mais de 660 projetos de RSC nos países onde estamos presentes.

Os projetos estão alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e a sua Agenda 2030.

A Responsabilidade Social Corporativa no Grupo Nueva Pescanova

Responsabilidade e Sustentabilidade no Grupo Nueva Pescanova

A partir do ADN do Grupo Nueva Pescanova definimos as nossas Políticas e Programas Corporativos:

  • Política de RSC e Programa de Atuação Responsável (PAR)
  • Política de Sustentabilidade e Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’
  • Programa de Medição e Progresso
  • Programa de Desempenho e Compensação Ambiental
  • Programa de Transparência em Sustentabilidade
  • Política de Cooperação e Ajuda ao Desenvolvimento
Responsabilidade e Sustentabilidade no Grupo Nueva Pescanova

Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’

O Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’ é a resposta operacional aos princípios-guia da RSC do Grupo Nueva Pescanova: PLANETA, PESSOAS, PRODUTO e COMUNIDADES.

5 princípios de sustentabilidade:

  • Abastecimento sustentável: “Pescamos, cultivamos e elaboramos de forma sustentável e respeitando o planeta.”
  • Responsabilidade laboral: “A diversidade, a segurança e o crescimento pessoal e profissional dos nossos profissionais.”
  • Operações responsáveis: “Os nossos produtos contribuem positivamente para a saúde e o bem-estar dos nossos consumidores.”
  • Comunidades mais prósperas: “Melhoramos a qualidade de vida das comunidades em que vivemos e trabalhamos.”
  • Comportamento ético, íntegro e conformidade com a lei: “Cumprimos todos os requisitos éticos e legais.”

O programa compreende um sistema de validação e verificação de evidências da sustentabilidade das matérias-primas de origem pesqueira e aquícola que integram os produtos alimentares da marca PESCANOVA.

Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’

Operações Responsáveis

Cumprimos integralmente os requisitos legais em matéria de pesca e aquicultura, e os princípios enunciados pela FAO no seu Código de Conduta para a Pesca Responsável (CCPR), como enquadramento para assegurar uma exploração sustentável dos recursos pesqueiros e aquícolas.

Apoiamos a luta contra a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada (pesca INN).

Apoiamos os governos e os seus organismos científicos no desenvolvimento de uma gestão baseada na sustentabilidade das atividades produtivas, no uso racional dos recursos naturais, na proteção do meio ambiente e na conservação da biodiversidade.

Certificamos as nossas capturas de peixe e a produção aquícola por normas de sustentabilidade cujos princípios se alinham com os da pesca responsável da FAO.

Promovemos esquemas de certificação de sustentabilidade pesqueira e a participação em projetos de melhoria de pesca como fórmula de melhoria contínua e evidência de sustentabilidade pesqueira.

Todos os nossos trabalhadores estão abrangidos por contratos legais, condições de trabalho decentes e seguras, auferem remunerações justas e cumprimos as normas nacionais e internacionais do trabalho.

Operações Responsáveis

Pacto Mundial, Agenda 2030 e ODS

Aderimos ao Pacto Mundial das Nações Unidas (UN Global Compact) em 2019.

Esta adesão representa um impulso importante no nosso trabalho na área dos direitos humanos, normas do trabalho, meio ambiente e luta contra a corrupção, assim como na adoção de medidas de apoio dos objetivos das Nações Unidas enunciados nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Contamos já com várias centenas de projetos de RSC focados na contribuição para os ODS e um relatório regular do nosso contributo para o desenvolvimento sustentável.

Conquistámos o reconhecimento internacional pelo nosso contributo para os ODS no setor dos produtos do mar pelo Seafood Stewardship Index (SSI) elaborado pela World Benchmarking Alliance.

O Grupo Nueva Pescanova decidiu ainda, aliar-se à campanha “O nosso único futuro”, que ambiciona reduzir em 1,5 °C a temperatura do Planeta.

Desde a nossa Direção de RSC, afirmamos que “as alterações climáticas são, sem dúvida, um risco importante para a produção e disponibilidade dos nossos produtos, e as empresas têm a obrigação de se adaptar e antecipar a estes riscos. Apenas a soma de muitas ações individuais reforçará a resiliência dos ecossistemas que nos levará ao sucesso”.

Pacto Mundial, Agenda 2030 e ODS

Participamos em Projetos de Melhoria Pesqueira

Os Projetos de Melhoria Pesqueira (Fishery Improvement Projects, FIP em inglês) são plataformas de trabalho onde as várias partes interessadas abordam os desafios ambientais de uma pescaria.

Estes projetos usam o poder do setor privado para incentivar mudanças positivas em relação à sustentabilidade da pesca e procuram fazer com que estas mudanças perdurem através da mudança de políticas.

Participar num FIP é classificado como uma evidência de sustentabilidade segundo o nosso esquema de Homologação de Matérias-Primas de Origem Pesqueira Sustentável do Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’ cujo objetivo é atestar que os nossos produtos alimentares são, efetivamente, sustentáveis.

Mais informação sobre o FIP gambão argentino e o FIP mahi-mahi Peru.

Participamos em Projetos de Melhoria Pesqueira

Evidências de Sustentabilidade do Programa ‘Pescanova Blue’

O Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’ inclui um sistema de reconhecimento de evidências de sustentabilidade para as matérias-primas dos produtos do mar PESCANOVA:

  • Esquemas de certificação de sustentabilidade reconhecidos pela Global Sustainable Seafood Initiative (GSSI).
  • Referencial de Pesca Sustentável do Grupo Nueva Pescanova.
  • Projetos de Melhoria Pesqueira (FIP) ou aquícola (AIP).
  • Perfis FishSource para essas espécies.
Evidências de Sustentabilidade do Programa ‘Pescanova Blue’

Referencial de Pesca Sustentável do Grupo Nueva Pescanova

Nos locais onde não chegam os esquemas de certificação pesqueira, desenvolvemos um referencial de pesca sustentável baseado nos princípios da pesca responsável da FAO.

Aplicámos o nosso referencial de pesca sustentável à captura de pescada do Cabo (Merluccius capensis e M. paradoxus) na Namíbia.

O cumprimento deste referencial pelas nossas operações pesqueiras e de gestão é auditado anualmente, desde a sua implementação em 2013, pela Bureau Veritas.

A conformidade da nossa frota e da indústria, avaliada pela BV, constituem evidências de sustentabilidade segundo os critérios do nosso Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’.

Este reconhecimento atesta a origem responsável e sustentável dos nossos produtos de pescada da Namíbia.

O referencial de pesca sustentável verifica o nosso compromisso com a sustentabilidade pesqueira, o desenvolvimento sustentável, a conservação dos ecossistemas marinhos e o respeito pelo meio ambiente, a governança e racionalização das atividades pesqueiras e a responsabilidade laboral e social.

Conheça o nosso compromisso com a pesca responsável.

Referencial de Pesca Sustentável do Grupo Nueva Pescanova

Aquicultura sustentável e certificada

Para a produção aquícola de camarão vannamei contamos com certificações de sustentabilidade nas áreas de cultivo, larvicultura e unidades de processamento no Equador (GLOBALG.A.P., BAP e ASC), Guatemala (BAP e ASC) e Nicarágua (GLOBALG.A.P. e ASC).

Estas certificações constituem evidências de sustentabilidade segundo os critérios do nosso Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’ e atestam a origem responsável e sustentável da nossa produção aquícola de camarão vannamei e pregado.

Contamos também com certificação de produção ecológica com certificado europeu BIO para o camarão vannamei e certificação ambiental ISO14001 em todos os centros industriais e aquícolas em Espanha, e certificação EMAS para o cultivo de pregado.

Conheça o nosso compromisso com a aquicultura responsável.

Aquicultura sustentável e certificada

Combatemos a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada (INN)

Asseguramos a manutenção da qualidade, diversidade e disponibilidade dos recursos pesqueiros em quantidade suficiente para as gerações presentes e futuras.

Utilizamos artes e práticas de pesca seletivas e ambientalmente seguras a fim de contribuir positivamente para a conservação da biodiversidade dos ecossistemas aquáticos e da qualidade do pescado.

Cumprimos todas as medidas de gestão pesqueira e normativas nacionais e internacionais, respeitando quotas de pesca, tamanhos mínimos e os períodos de defeso.

Gerimos as redes de pesca de forma responsável.

Adotamos boas práticas pesqueiras.

Vetamos a pesca de espécies protegidas ou ameaçadas.

Combatemos a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada (INN)

Protegemos as espécies marinhas

Asseguramos que não causamos dano às espécies protegidas ou ameaçadas segundo a Lista Vermelha da UICN, assim como aos ecossistemas marinhos sensíveis.

Minimizamos o risco de captura acidental de tartarugas marinhas, mamíferos marinhos e aves marinhas.

Desenvolvemos um programa de conservação de tartarugas marinhas na Guatemala e libertámos 114 neonatos em 2019, e cerca de 2.000 desde o ano de 2009, em colaboração com voluntários e escolas locais.

Somos pioneiros no uso de linhas espanta-aves (tori lines) para evitar a captura acidental de aves marinhas em operações de pesca.

Protegemos as espécies marinhas

Combatemos a pesca fantasma e o littering marinho

Implementamos um sistema de gestão e rastreabilidade de redes de pesca e asseguramos que não poluímos os oceanos.

Adotamos as melhores práticas propostas pelo PNUMA, FAO e Global Ghost Gear Initiative (GGGI) para evitar perdas de redes de pesca no mar.

Eliminamos os equipamentos de pesca redundantes e outros potenciais resíduos marinhos segundo as melhores soluções disponíveis.

Implementamos um plano de gestão de resíduos a bordo das nossas frotas e recolhemos lixo do oceano com as nossas redes.

Gerimos os resíduos gerados na nossa atividade e os recolhidos do mar de forma responsável.

Instalámos um ponto limpo no porto da Beira, em Moçambique, e impulsionamos a gestão circular de resíduos e subprodutos da nossa atividade.

Combatemos a pesca fantasma e o littering marinho

Projeto de melhoria pesqueira (FIP) de mahi-mahi no Peru

Impulsionamos e participamos no FIP de mahi-mahi (Coryphaena hippurus) no Peru.

A pesca peruana de mahi-mahi, ou dourado, inclui mais de 4.200 pescadores e é uma das pescas artesanais mais importantes do país.

Um aspeto crítico que desafia esta pesca é a natureza altamente migratória do mahi-mahi.

A participação ativa das partes interessadas do FIP, como o IMARPE (Instituto Peruano do Mar) e os participantes do FIP, impulsiona as melhorias contra o standard do Marine Stewardship Council (MSC).

Mais informação aqui: FIP mahi-mahi Peru.

Projeto de melhoria pesqueira (FIP) de mahi-mahi no Peru

Projeto de melhoria pesqueira (FIP) do gambão-argentino

Impulsionamos e participamos no FIP de gambão (Pleoticus muelleri) na Argentina.

A pesca argentina do gambão, ou camarão vermelho, é a principal pescaria de crustáceos na Argentina e um dos recursos marinhos mais importantes da costa sudoeste do Atlântico.

A pesca em alto-mar contribuiu para cerca de 80% dos desembarques de gambão-argentino nos últimos cinco anos.

Mais informação aqui: FIP gambão da Argentina.

Projeto de melhoria pesqueira (FIP) do gambão-argentino

Programa de reflorestação de mangais

Desenvolvemos um programa de reflorestação de mangais (Rhizophora mangle) nos países onde temos atividade aquícola de cultivo de camarão: Equador, Guatemala e Nicarágua.

Com este programa ajudamos a recuperação do ecossistema, fauna, flora e a qualidade do meio ambiente.

Os mangais são ecossistemas que desempenham funções essenciais na purificação da água, regulação do clima, regulação de inundações e proteção costeira, entre outras. Em particular geram um serviço ecossistémico muito importante para a regeneração dos recursos pesqueiros, uma vez que constituem uma zona de reprodução de inúmeras espécies marinhas.

O programa implica a colaboração de voluntários, escolas e autoridades locais.

Conseguiu-se a reflorestação ativa de mais de 30 hectares de mangal desde 2013 e impulsionou-se a regeneração natural de 90 hectares.

Programa de reflorestação de mangais

Programa de viveiros de plantas nativas

Desenvolvemos um programa de viveiros e plantação de espécies de plantas nativas na Guatemala e na Nicarágua.

Com este programa ajudamos a prevenir a erosão dos solos e a reflorestar com espécies autóctones.

O programa implica a colaboração de voluntários, escolas e autoridades locais.

Desde 2015 já foram plantadas mais de 20 espécies: cinco de plantas ornamentais, duas de árvores para biomassa, onze de árvores florestais e duas de árvores de fruto.

Programa de viveiros de plantas nativas

Programa de repovoamento de iguanas

Desenvolvemos um programa de repovoamento de iguanas (Iguana iguana) na Guatemala e na Nicarágua.

A iguana está identificada como uma espécie potencialmente afetada pela atividade camaroneira, e por isso empenhamo-nos em compensar largamente o risco potencial para a preservação da espécie.

O programa implica a colaboração de voluntários, escolas e autoridades locais.

Foram libertadas mais de 1.000 iguanas desde 2017.

Programa de repovoamento de iguanas

Programa de conservação de tartarugas marinhas

Desenvolvemos um programa de conservação de tartarugas marinhas olivacea, ou Olive Ridley em inglês (Lepidochelys olivacea) na Guatemala.

Com o Programa ajudamos à conservação da espécie, uma vez que está classificada como “Vulnerável” pela IUCN na sua Lista Vermelha.

Apoiamos a conservação da biodiversidade, que é um dos objetivos do nosso Programa de Compensação Ambiental.

O programa implica a colaboração de voluntários, escolas e autoridades locais.

Foram liberadas mais de 2000 tartarugas marinhas desde o início do Programa em 2009.

Programa de conservação de tartarugas marinhas

Parque solar fotovoltaico na fábrica da Namíbia

Apostámos na transição energética para fontes renováveis com a instalação de um parque fotovoltaico na nossa fábrica de NOVANAM em Lüderitz, na Namíbia.

O parque solar fotovoltaico, inicialmente de 3.132 m2, irá ser ampliado para 13.500 m2, o que possibilitará a geração de aproximadamente 317 MWh por mês.

O projeto enquadra-se nas medidas de descarbonização e transição energética da nossa atividade no âmbito do Programa de Compensação Ambiental do Grupo Nueva Pescanova.

O Grupo prevê instalar parques solares fotovoltaicos em sete das suas fábricas a nível mundial.

Parque solar fotovoltaico na fábrica da Namíbia

O nosso compromisso com o PLANETA

Temos um compromisso com a gestão responsável dos recursos naturais e com a proteção dos ecossistemas aquáticos e do meio ambiente.

Promovemos incansavelmente a manutenção da qualidade, da diversidade e da disponibilidade dos recursos pesqueiros em quantidades suficientes para as gerações presentes e futuras.

Esta é a nossa visão de sustentabilidade ambiental para as nossas atividades e a única via para garantir o sucesso operacional e o futuro do nosso Grupo.

Agimos de forma responsável em matéria de pesca e aquicultura, de acordo com o compromisso com os princípios de pesca e aquicultura responsáveis da FAO e a sua verificação efetiva nas nossas operações.

Trabalhamos na melhoria dos processos de transformação e elaboração de produtos alimentares em todas as unidades industriais e em todos os países onde estamos presentes.

Apostamos na eficiência e otimização do uso de recursos naturais, materiais e energia, melhorando continuamente o nosso desempenho.

O nosso compromisso com o PLANETA

Pesca Responsável e Sustentável

Cumprimos integralmente os requisitos legais em matéria de pesca e os princípios enunciados pela FAO no seu Código de Conduta para a Pesca Responsável (CCPR), que reconhecemos como quadro de boas práticas para assegurar uma exploração sustentável dos recursos marinhos.

Contribuímos positivamente para a conservação e o uso sustentável a longo prazo dos recursos pesqueiros, promovendo a sua utilização otimizada e mantendo a sua qualidade e disponibilidade em quantidade suficiente para as gerações atuais e futuras.

Apoiamos a luta contra a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada (pesca INN).

Apoiamos os governos e os seus organismos científicos no desenvolvimento de uma gestão baseada na abordagem ecossistémica da pesca e na aplicação de critérios de precaução para garantir uma gestão adequada da exploração dos recursos marinhos, o bem-estar tanto humano como do ecossistema e uma distribuição equitativa de benefícios dessa exploração.

Certificamos as nossas capturas pesqueiras por referenciais de sustentabilidade cujos princípios se alinham com os da pesca responsável da FAO.

Promovemos esquemas de certificação de sustentabilidade pesqueira e a participação em projetos de melhoria pesqueira, como fórmula de melhoria contínua e evidência de sustentabilidade pesqueira.

As tripulações dos nossos navios de pesca estão abrangidas por contratos legais, condições de trabalho decentes e seguras, auferem remunerações justas e cumprimos as normas nacionais e internacionais do trabalho.

Contamos já com uma Política Setorial de Responsabilidade Pesqueira.

Pesca Responsável e Sustentável

Aquicultura Responsável e Sustentável

Cumprimos estritamente os regulamentos e as medidas de ordenamento do território e meio ambiente.

Adotamos práticas de cultivo eficientes e ambientalmente seguras a fim de contribuir positivamente para a conservação dos recursos naturais e a produtividade do ecossistema, incluindo a biodiversidade e a estrutura das populações nos ambientes aquáticos ou terrestres pertinentes.

Utilizamos rações de origem sustentável.

Usamos os produtos preventivos ou terapêuticos e desinfetantes de um modo responsável.

Comprometemo-nos com os princípios de bem-estar e respeito animal.

Certificamos a nossa produção aquícola por referenciais de sustentabilidade reconhecidos internacionalmente (ASC, GLOBALGAP e BAP).

Todos os nossos trabalhadores estão abrangidos por contratos legais, condições de trabalho decentes e seguras, auferem remunerações justas e cumprimos as normas nacionais e internacionais do trabalho.

Contamos já com uma Política Setorial de Responsabilidade Aquícola.

Aquicultura Responsável e Sustentável

Programa de Atuação Responsável

O Programa de Atuação Responsável (PAR) tem como principal finalidade identificar e dirigir a atuação responsável da atividade pesqueira, aquícola, de elaboração e comercial do Grupo Nueva Pescanova em todos os países onde estamos presentes.

O PAR documenta o trabalho das empresas do Grupo na geração de valor partilhado com os seus grupos de interesse.

Através de uma atuação responsável, no Grupo Nueva Pescanova contribuímos para a sustentabilidade social, económica e ambiental das nossas atividades para benefício dos stakeholders e, em particular, das comunidades ao nosso redor.

Programa de Atuação Responsável

Análise de Materialidade

No Grupo Nueva Pescanova alinhamos a nossa Estratégia de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) com as prioridades expressas pelos nossos grupos de interesse mediante a elaboração de uma análise de materialidade.

Partimos dos princípios guia do Plano Diretor de RSC do Grupo, que são: PLANETA, PESSOAS, PRODUTO e COMUNIDADES.

A garantia de SEGURANÇA ALIMENTAR (ponto 10) dos nossos produtos, a SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO (ponto 7) dos nossos funcionários, a REDUÇÃO DOS CONSUMOS (ponto 2) de energia, água e materiais, o compromisso com a RESPONSABILIDADE LABORAL (ponto 5), o RESPEITO PELO MEIO NATURAL (ponto 4) atuando de forma responsável, a BOA GOVERNANÇA (PONTO 1) e a garantia da QUALIDADE DOS NOSSOS PRODUTOS (ponto 11) são os sete aspetos materiais prioritários.

Análise de Materialidade

Reconhecimento Internacional: primeira empresa pesqueira na contribuição para os ODS

Obtivémos o reconhecimento internacional pela Seafood Stewardship Index da World Benchmarking Alliance:

  • Posição 5 no ranking global, a primeira empresa pesqueira e única espanhola.
  • O ranking valoriza a contribuição para os ODS entre as empresas analisadas.
  • Ranking das 30 maiores empresas do mundo no setor de produtos do mar.
  • Reflexo do nosso firme compromisso em criar um impacto positivo no ambiente onde operamos.
  • Reconhecemos a relevância dos ODS como guia para alcançar os desafios do desenvolvimento sustentável.

Mais informação aqui: Index SSI.

Reconhecimento Internacional: primeira empresa pesqueira na contribuição para os ODS

Contribuição para o Desenvolvimento Sustentável

Em setembro de 2015, a Assembleia Geral da ONU aprovou a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, na qual se definiram 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas num plano de ação a favor das pessoas, do planeta e da prosperidade.

A Agenda 2030 reconhece explicitamente o papel do setor privado como motor de produtividade, do crescimento económico inclusivo e da criação de emprego.

O Grupo Nueva Pescanova está comprometido em promover um impacto positivo no ambiente onde opera e reconhece a relevância dos ODS como guia para alcançar os desafios do desenvolvimento sustentável.

Trabalhamos para alinhar a estratégia empresarial com os ODS e medir a sua contribuição para o cumprimento da Agenda 2030.

Incorporamos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nas nossas atividades de pesca, aquicultura, elaboração e comercialização de produtos do mar nos países onde estamos presentes.

Implementámos 668 projetos de RSC nos vários países onde estamos presentes e analisamos de que modo essas ações estão a contribuir para os ODS e, em específico, para o cumprimento das suas 169 metas.

Conheça o nosso relatório de Contribuição para o Desenvolvimento Sustentável.

Contribuição para o Desenvolvimento Sustentável

Membros da Global Sustainable Seafood Initiative (GSSI) pela Sustentabilidade da Pesca

Participamos na Global Sustainable Seafood Initiative (GSSI) desde 2018, trabalhando para a sustentabilidade dos recursos pesqueiros e aquícolas. Além disso, estamos representados no seu Steering Group.

A GSSI é uma plataforma global e uma associação de empresas de pesca, ONG, especialistas, organizações governamentais e intergovernamentais que trabalham para conseguir produtos do mar mais sustentáveis para todos.

A missão da GSSI é garantir a confiança no fornecimento e a promoção de produtos do mar certificados, melhorando a sustentabilidade das cadeias de abastecimento, apoiada no Código de Conduta da FAO para a pesca responsável e outras diretrizes da FAO.

Os referenciais de sustentabilidade avaliados pela GSSI são reconhecidos como evidência de sustentabilidade segundo o nosso Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’.

Membros da Global Sustainable Seafood Initiative (GSSI) pela Sustentabilidade da Pesca

Membros da Sustainable Fisheries Partnership (SFP)

Participamos na Sustainable Fisheries Partnership (SFP) desde 2017.

A SFP é uma organização sem fins lucrativos que se dedica à recuperação das populações de peixes sobreexplorados e à redução dos impactos ambientais e sociais da pesca e da acuicultura através da participação e colaboração das partes interessadas da pesca.

Com a SFP trabalhamos para melhorar a pesca através de projetos de melhoria pesqueira (FIP) que procuram avançar na sustentabilidade da atividade pesqueira e melhorar a saúde das zonas de pesca.

Apoiamos a iniciativa Target 75 da SFP para impulsionar a produção pesqueira sustentável e participamos na sua ferramenta de gestão de abastecimento sustentável METRICS.

O nosso Programa de Sustentabilidade ‘Pescanova Blue’ alimenta-se, entre outras fontes, da base de dados da SFP FishSource, como fonte de evidências de sustentabilidade das pescarias. FishSource é um recurso público on-line que analisa informação científica e de carácter público sobre o estado das populações de peixes e da atividade pesqueira.

Membros da Sustainable Fisheries Partnership (SFP)

Membros do Pacto Mundial da ONU

Associámo-nos ao Pacto Mundial das Nações Unidas em 2019.

O Pacto Mundial (Global Compact) é um apelo às empresas e organizações para que alinhem as suas estratégias e operações com 10 Princípios universais sobre direitos humanos, normas do trabalho, meio ambiente e luta contra a corrupção.

Conta com o mandato da ONU para promover os Objetivos de Desenvolvimentos Sustentável (ODS) no setor privado.

Conheça o nosso relatório de Contribuição para o Desenvolvimento Sustentável.

Sabia que o Grupo Nueva Pescanova foi reconhecido como a primeira empresa pesqueira pelo seu contributo para os ODS e a quinta empresa do setor dos produtos do mar no ranking 30 do Seafood Stewardship Index da World Benchmarking Alliance?

Membros do Pacto Mundial da ONU

Novos barcos mais eficientes e amigos do ambiente

Em 2019, as empresas do Grupo Nueva Pescanova na Namíbia (NOVANAM) e em Moçambique (PESCAMAR) incorporaram dois novos navios de pesca: o Lalandii 1 para a Namíbia, e o Ponta Matirre para Moçambique. Em 2020 queremos incorporar um terceiro – o Novanam One –, com destino à Namíbia. Estes barcos são os primeiros de um conjunto de sete novas unidades encomendadas pelo Grupo Nueva Pescanova como parte do programa de renovação parcial da frota, atualmente composta por 62 navios pesqueiros.

A tecnologia moderna dos novos navios, os mais avançados da empresa, centra-se na eficiência energética e pesqueira, e na segurança e habitabilidade das tripulações. Para isso, dispõem de equipamentos de última geração, dos quais se destacam os seus motores de alta eficiência, que permitem um grande rendimento diminuindo os consumos e as emissões, assim como melhorias no sistema de processamento de peixe a bordo e maior conforto para as tripulações mediante a climatização do barco ou o espaço maior para zonas de descanso.

Estas novas unidades incorporam outras melhorias, como tanques específicos para o aproveitamento dos subprodutos orgânicos – como vísceras, cabeças e espinhas – para posteriormente se produzir farinhas de peixe e rações para animais. Também dispõem de separadores de águas de porão ou unidades de tratamento de águas para o tratamento de águas cinzentas e negras, e de um sistema de gestão de resíduos a bordo, para minimizar a poluição marinha e o impacto da nossa atividade no oceano.

Todos os nossos barcos dispõem de unidades de dessalinização, que permitem tornar a água do mar potável para o processo e consumo, com a consequente redução do consumo de água doce proveniente de terra. Esta tecnologia também permite fabricar gelo líquido, mais eficiente na preservação da qualidade do produto. De igual modo, todas as nossas unidades pesqueiras dispõem de um sistema de gestão responsável das redes de pesca, seguindo as melhores práticas internacionais disponíveis, minimizando a sua perda, e utilizando tori lines para reduzir a captura acidental de aves marinhas e ajudar a conservar a biodiversidade dos oceanos.

A empresa reafirma o seu compromisso de criar emprego local em todos os países onde opera, assim como contribuir para o desenvolvimento económico, ambiental e social dessas comunidades.

Uma frota pesqueira a operar no Hemisfério Sul

Desde 1961 sulcamos os mares à procura dos melhores bancos de pesca do mundo. Fomos pioneiros na construção do primeiro navio com tecnologia de congelação a bordo. Seguiram-se outros, que na altura foram os maiores navios congeladores do mundo, e fomos ainda pioneiros no processamento de peixe em alto-mar.

Atualmente, a nossa frota é composta por 62 navios, tanto congeladores como refrigerados, que pescam nos principais bancos de pesca do hemisfério Sul, capturando e selecionando as melhores espécies de peixe. Pescamos com redes de arraste, arraste de varas, com aparelhos de anzol para lula e palangreiros; artes usadas na captura de pescada, abadejo do Cabo e tamboril na Namíbia, camarão em Moçambique, camarão-vermelho em Angola, gambão, pescada-negra, lula e cantarilho na Argentina e no Uruguai, entre outros.

O nosso compromisso claro com a inovação e a melhoria contínua em todas as nossas atividades motivou a renovação de parte da frota com a construção de sete novos navios: três para a Namíbia e quatro para Moçambique, um investimento contemplado no nosso Plano Estratégico 2020.

7.500 hectares de aquicultura

Apostamos na aquicultura como atividade complementar à pesca para cumprir o desafio de assegurar o fornecimento de alimentos de origem marinha à nossa sociedade, aliviando a pressão nas zonas de pesca selvagens.

Estamos conscientes que os recursos do mar são limitados e que, para os preservar de modo a poderem ser desfrutados pelas gerações futuras, devem ser alvo de uma proteção especial por parte de todos os agentes implicados.

Dispomos de uma área aproximada de 7.500 hectares dedicada ao cultivo de diferentes espécies e temos capacidade para fornecer 62.000 toneladas por ano de camarão vannamei e pregado.

Reconhecemos que o cultivo aquícola implica a obrigação de o fazer de um modo responsável a fim de assegurar a conservação e a gestão eficaz dos recursos naturais, incluindo os vivos, e em particular a capacidade produtiva e regenerativa do ecossistema.

O Pescanova BioMarine Center, em O Grove (Galiza, Espanha), é um dos centros de I&D+i de referência internacional em aquicultura, e reflete o compromisso com a inovação e o desejo de desenvolver a aquicultura como fonte de proteína animal saudável, nutritiva e sustentável.